Nem Ditadura da Chapinha, Nem Ditadura dos Cachos! Democracia da Beleza!

POR Vivi Najjar | Juba
Vivi-Najjar---Democracia-da-Beleza---Blog-Juba-de-Leoa-por-Vivi-Najjar_retrato_Foto-Marina-Najjar

Foto: Marina Najjar

 

Tem coisas que, de tanto ouvir, a gente acaba tomando como verdade. Desde criança me diziam que eu era contestadora, que eu não aceitava o senso comum como verdade absoluta e destrinchava discussões sobre quaisquer que fossem os temas.

 

Em parte, isso era verdade, sim. A contradição e o questionamento sempre me fascinaram.  E provavelmente, pela insistência da afirmação dos então adultos sobre este traço de minha personalidade, ele tornou-se bem evidente. Ou não. Talvez essa já fosse minha personalidade latente. Vai saber?

 

O fato é que, desde que coloquei esta página no ar, com o intuito de compartilhar minhas experiências relacionadas ao meu cabelo cacheado e aos conhecimentos que adquiri ao longo do tempo, tenho sido acusada (assim como outras blogueiras cacheadas e crespas) de impor uma tal de “Ditadura dos Cachos” ou de combater a “Ditadura da Chapinha”.

 

Gente, para tudo!

 

Eu não estou aqui para defender Autocracia nenhuma. Inclusive, repudio o termo “Ditadura” de qualquer coisa que seja e suas implicações.

 

Acredito na liberdade de sermos quem quisermos ser, seja com qual cabelo for, desde que nos sintamos bem.

 

Eu alisei meus cabelos durante oito anos. Parei de alisar por conta de um corte químico que me incentivou a assumir meu cabelo natural. Se este acidente não tivesse acontecido, muito provavelmente eu teria demorado mais tempo para parar de alisar e o processo teria sido diferente.

 

Desde então, há treze anos, nunca mais alisei o cabelo ou apliquei qualquer outra química transformadora. Mas essa é uma decisão pessoal minha.

 

Isso não significa que eu seja contra os recursos de alisamento como as químicas definitivas ou os temporários como escova ou chapinha.

 

A aceitação está em nos sentirmos bem e confortáveis da forma que nós – e apenas nós – acharmos melhor. Essa é a beleza da liberdade!

 

Defendo a libertação das amarras que nos prendem a qualquer Ditadura e padrão que nos seja imposto. Todos são bem vindos aqui.

 

Portanto, viva a Democracia da Beleza!

Compartilhe esse post!
Receba todas as dicas por e-mail
Relacionados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *